“Alguém já disse que o artista é como o pato. Na superfície parece tranqüilo, mas embaixo d’água as patinhas estão a mil.”
(Gabriela Duarte, Revista Estilo, edição 60 – ano 05 – setembro 2007)

Foto: Fabiana Garruth

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *